3 erros de quem investe em música para academia

Música para academia:

A música é indispensável para a qualidade dos treinos de qualquer academia, pois ela traz inúmeros benefícios — tanto para o corpo quanto para a mente dos alunos — independentemente do tipo de exercício físico praticado por eles. Ao ouvir música, a frequência cardíaca, a pressão sanguínea e a secreção de hormônios do prazer são modificadas, o que ajuda a elevar a energia, o humor e a disposição para os treinos.

No entanto, essas influências só serão percebidas se as músicas forem selecionadas, organizadas e tocadas com um volume adequado. Caso contrário, a sua playlist poderá ser um tormento para as atividades físicas dos seus alunos.

Para se prevenir contra essa gafe, venha aprender com a gente a evitar os erros mais cometidos por quem investe em músicas nas academias!

Não levar em conta o gosto musical dos alunos

A música é fundamental para manter a motivação dos alunos durante a prática de atividades físicas, visto que ela é capaz de desviar o foco da sensação dolorosa e de fadiga, prolongando o bem-estar.

Porém, os estilos musicais não influenciam da mesma forma todas as pessoas. Para que a música cause impacto positivo sobre os treinos, é preciso que a playlist esteja adequada às preferências musicais dos alunos. Segundo um estudo realizado na Universidade de Cambridge, publicado na revista PLOS One, as preferências musicais de uma pessoa estão diretamente relacionadas com a sua personalidade e com o seu modo de pensar.

Diante disso, na hora de escolher as músicas para a sua academia, é preciso conhecer o perfil da maior parte dos alunos atendidos em um determinado período do dia. Assim, aspectos como a faixa etária e o sexo devem ser levados em consideração, pois eles podem influenciar o gosto musical dos alunos que treinam nos diferentes turnos: manhã, tarde e noite.

Trocar de música na primeira reclamação

Além da música favorecer a motivação, ela também é capaz de melhorar o desempenho dos treinos e aumentar a velocidade de obtenção dos resultados físicos. Isso acontece porque o corpo é acelerado, elevando o aproveitamento dos exercícios que estão sendo praticados.

No entanto, essa influência não será exercida se a música for trocada a todo momento, quebrando o ritmo de exercícios dos alunos. É exatamente nesse ponto que as academias costumam errar! Na primeira reclamação de um aluno, a música já é passada para a próxima faixa, atrapalhando o rendimento das outras pessoas que estavam treinando a todo vapor no mesmo ambiente.

Por isso, é indispensável manter um feedback contínuo dos alunos em relação às playlists tocadas nas academias. Assim, é possível verificar se as músicas estão atendendo a maioria, evitando que elas sejam trocadas a todo minuto.

Não adequar o volume da música

Como já salientado, a música tem o poder de trazer mais motivação e melhorar o desempenho das atividades físicas. No entanto, se o volume não estiver adequado, em vez de ajudar, a música poderá deixar o ambiente desagradável, atrapalhar os treinos e, ainda, causar algum impacto na saúde auditiva dos funcionários e dos alunos.

O mais adequado é que o volume não prejudique a comunicação entre os professores e os alunos, de forma que eles não precisem gritar para serem ouvidos, mas, também, alto o suficiente para encobrir o barulho dos equipamentos. Geralmente, a recomendação é de que o volume esteja em torno de 85 decibéis, considerando uma prática diária de 45 minutos de atividade física.

Deu para notar que investir em músicas para academia não é uma tarefa tão fácil assim e, por isso, é comum que os gestores cometam alguns erros, certo? Então, ajude os seus amigos a evitar problemas com as suas playlists, compartilhando este artigo nas suas redes sociais!

Gostou de todas as dicas citadas acima? Procura uma empresa que possa lhe auxiliar a reter e engajar seus alunos? Então conheça agora a Rádio Academia, serviço da ListenX, empresa especializada no assunto.

Conheça a empresa e contrate por 7 dias GRÁTIS:

Rádio Academia

CONTEÚDO EXCLUSIVO PARA ACADEMIAS

Coloque o seu endereço de email abaixo para receber gratuitamente as atualizações do blog!>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comment moderation is enabled. Your comment may take some time to appear.